segunda-feira, 18 de agosto de 2014

Carros: mude 8 atitudes que fazem você gastar mais com seu automóvel

Fonte: InfoMoney 

De nada adianta você optar por um veículo que consome menos se suas atitudes ao volante forçarem o motor a gastar mais






SÃO PAULO - Muita gente brinca que as despesas de um carro são tão altas quanto as de um filho. Não é para menos: seguro, Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) e manutenção periódica são alguns dos gastos obrigatórios e não há como fugir deles. A despesa com combustível – talvez a mais alta para a maioria dos motoristas –, porém, pode ser reduzida.
É isso mesmo. E não estamos falando apenas de você optar por um modelo flex, por exemplo, ou utilizar um combustível mais barato, como o gás natural veicular (GNV). Muitos motoristas esquecem que o comportamento ao volante também influencia no resultado da conta, seja abastecendo com álcool, diesel, gás ou gasolina. Na pressa do dia a dia, aceleram para percorrer uma curta distância e freiam logo em seguida.
Além de desgastar o motor e os pneus, isso queima combustível desnecessariamente, já que, em seguida, irão precisar arrancar de novo. Se esse é o seu caso, saiba que atitudes simples, como calibrar os pneus com frequência, mudar a marcha no tempo certo e não guardar muito peso no porta-mala podem evitar o desgaste de seu veículo, aumentar sua vida útil e gerar economia. Além disso, você irá contribuir para reduzir a poluição do ar. Afinal, quanto menos combustível o motor queima, menos gases poluentes lança no meio ambiente.
Mantenha os pneus sempre calibrados
Reduzir as despesas de seu veículo não depende só da escolha do modelo e do tipo de combustível utilizado. Você também precisa adotar um comportamento mais econômico, evitando hábitos que forcem o motor do carro e o façam gastar mais. Ações simples, como manter os pneus calibrados, trocar a marcha no momento certo, evitar guardar muitos objetos no porta-mala e usar o ar-condicionado com bom senso, beneficiam a todos. Além de você economizar, seu carro irá emitir menos gases poluentes, contribuindo para a qualidade do ar que respiramos. 

1 - Evite guardar muitos objetos dentro de seu carro, fazendo dele uma segunda casa. Cada 50 quilos a mais equivalem a até 5% de aumento no consumo de combustível. Se transportar pranchas ou bicicletas no teto, você ainda prejudica a aerodinâmica do veículo, que vai "beber" ainda mais.


2 - Vá com calma! Quanto mais forte
você pisa no acelerador, mais combustível o seu motor consome. Por isso, quando estiver saindo de sua casa, por exemplo, evite arrancadas bruscas e corridas desnecessárias. Muitas vezes, você terá que frear logo em seguida. Lembre-se de que o conta-giros não é só enfeite no painel. Ele mostra o mo- mento certo de trocar a marcha, evitando as chamadas "esticadas", que exigem mais do motor e, assim, gastam mais combustível.


3 -  Não rode com os pneus vazios. Desse modo, seu carro enfrentará mais resistência no asfalto, fazendo o motor gastar mais. Para saber qual a calibragem correta de cada pneu, verifique o manual de fábrica. Em alguns modelos, também consta na porta do motorista.


4 - Mantenha a manutenção de seu veículo em dia, trocando periodicamente o óleo e o filtro de ar. Se este estiver sujo, impedirá a entrada de oxigênio e parte do combustível não será queima- do corretamente.




5 - Use o ar-condicionado de modo racional, já que, para funcionar, ele usa o motor do carro, necessitando de mais combustível. Em dias de calor, não ligue o equipamento logo ao entrar no veículo. Circule alguns metros com os vidros abertos para retirar o ar quente antes de ligar o ar refrigerado. Evite também ligá-lo e deixar um dos vidros abertos.


6 - Evite exceder os limites de velocidade. Além de perigoso, pode aumentar o consumo de combustível. Isso porque, quanto mais rápido você viaja, maior é a resistência do ar contra o seu carro, o que aumenta o "esforço" do motor para movimentá-lo.


7 - Evite engarrafamentos e busque rotas alternativas. Muitas vezes, trajetos mais longos com velocidade constante podem compensar o consumo de combustível que você teria andando a baixas velocidades em trechos mais curtos.


8 - Não rode à toa. Quando for ao shopping , por exemplo, e o estacionamento estiver muito cheio, evite ficar circulando atrás de vagas. Nessas situações, com o veículo em baixa velocidade, o consumo de combustível é maior. Portanto, por mais apressado que esteja, o melhor é parar o carro e esperar a saída de outro.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostaria de sua opinião sobre a postagem.

Estamos na Primavera

Estamos na Primavera