terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Breve biografia de Chiquinha gonzaga

Carnaval chegando .... para muitos alegria no ar, hora de realizar sonho da espera do ano todo, para outros emprego na certa, não sou nem contra nem a favor não brinco carnaval ,não assisto nem pela Tv, mas para quem gosta e sabe brincar é bom extravasa as neuroses do ano rs.
Para falar a verdade me interesso mais pela discografia da ocasião, mais do passado (sou das antigas), as músicas eram mais marcantes e cantantes(?) também, até hoje sobrevivem.
Postei aqui breve histórico de Chiquinha Gonzaga que sou fã, embora não a conhecesse antes da minissérie global, que adorei, que foi inspirada no livro de Edinha Diniz "Chiquinha Gonzaga - uma história de vida" (Ed. Moderna - aprox. 30,00 reais) que adquiri , e ganhei a coletânea de vídeo da Minissérie  com 6 DVDs de meu filho Guilherme no site (www.globomarcas.com.br. vc adquiri por 119,00 reais e tb parcelam) Na Net tem vários outros relatos...vídeos, fotos e músicas interpretadas por grandes cantores acompanhados por piano no final de cada capítulo entrava a  música  . Vale ver para saber mais desta precursora mulher  compositora, maestrina...e outras qualidades muuuito além de seu tempo.


aqui com sua mãe aínda bebe



A vida de Chiquinha Gonzaga foi conturbada desde seu nascimento. Filha de uma negra com um militar, a pobre menina mestiça, não teve uma infância muito tranqüila. Rosa Maria de Lima, sua mãe, enfrentou muito preconceito quando engravidou de Francisca Edwiges. O pai, José Basileu Gonzaga, militar bem-sucedido, era filho de família abastada e sofreu uma forte pressão de seus pais, totalmente contrários ao casamento com Rosa. Chiquinha nasceu no dia 17 de outubro de 1847, bastarda. Na época do nascimento seu José Basileu estava viajando.

Mas essas barreiras não foram suficientes para separar a família. Algum tempo depois, José não só assumiu Chiquinha como sua filha legítima mas também casou-se com Rosa. Dessa relação nasceram mais três filhos.
Chiquinha sempre foi tratada com pompas. Educada para tornar-se uma sinhazinha, a moça nunca se rendeu ao estilo aristocrata do pai. Muito pelo contrário, a menina mostrou desde cedo que tinha uma personalidade determinada e inquieta. Chiquinha foi alfabetizada em casa. O responsável por sua formação escolar foi o cônego Trindade, contratado por seu pai. Paralelamente, recebia uma educação musical. O maestro Lobo dava aulas de piano para ela. A primeira vez que Chiquinha mostrou seus dotes musicais foi em 1858, durante um Natal em família.
Aos 16 anos, a jovem casou-se com Jacinto Ribeiro do Amaral, rico proprietário de terras. O presente de casamento de seu pai não podia ser outro: um piano. A partir daí, este instrumento musical assumiu uma grande importância na vida de Francisca, que preenchia todos os momentos de lazer tocando. O excesso de zelo com o piano começou a provocar ciúmes no marido. Chiquinha foi mãe, pela primeira vez, aos16 anos.

Algum tempo depois, teve mais dois filhos. Em 1865, durante a Guerra entre Brasil e Paraguai, Jacinto fretou o seu navio mercante, o São Paulo, para o transporte de soldados e armas. Com a intenção de afastar a mulher do piano ele decidiu levá-la com ele nas viagens de navio. Mas nada tiraria de Chiquinha a paixão pela música. Durante a travessia ela conseguiu um violão e não desgrudou mais dele. Isso foi a gota d’água para Jacinto. Ele deu um ultimato para Chiquinha: ou ele ou a música. Chiquinha deixou o marido e retornou para o Rio de Janeiro. Voltou para ele quando descobriu que estava grávida novamente. Após o nascimento do menino, ela decidiu abandonar Jacinto definitivamente. Quanta coragem! Essa atitude foi extremamente reprovada por sua família que decidiu que dali em diante ela estava morta.

Essa corajosa mulher entrou, a partir daí, para o mundo musical boêmio. Nascia uma estrela!!! Depois de passar por várias dificuldades em sua vida, Francisca transformou o piano (antes instrumento de diversão) em seu ganha-pão. Mais uma vez a ousadia dessa “poderosa” mulher foi condenada pela sociedade conservadora da época. Mas nada impediu o espírito criativo de Chiquinha de alçar vôos. Ela compôs sucessos como a polca ( gênero da época) “Atraente” e “Ó Abre Alas”, primeira música feita especialmente para o Carnaval. Escreveu também peças de teatro inéditas como Festa de São João, A filha do Guedes. Outra grande audácia de Chiquinha foi a introdução da música popular brasileira nos salões de elite.

Mas as ousadias dessa compositora, maestrina e abolicionista não pararam por aí. No início do século XX, Chiquinha iniciou um romance, que duraria até o fim de sua vida, com um rapaz 36 anos mais novo que ela, o jovem João Batista. Para evitar mais buxixos envolvendo seu nome ela dizia que “Joãozinho” (forma carinhosa que Chiquinha tratava o garoto) era seu filho. No dia 28 de fevereiro de 1935, essa mulher que serviu de exemplo para toda um
a geração faleceu em seu apartamento. Ironia do destino... Chiquinha morreu numa antevéspera de Carnaval.

Fonte: www.experta.com.br


aínda jovem

aqui  já idosa



¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

DVDs (6)  da minissérie com a excelente interpretação
de Regina e Gabriela Duarte...



Contas do Google

Contas do Google:

'via Blog this'

terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Toalha Diferente para mesa redonda


Achei muito fofa e diferente essa toalha um pouco complicadinha para ser feita  mas não é impossível, basta um pouco de atenção e   d e d i c a ç ã o (rs), em todo caso se tiver difícil tire a idéia e faça do seu jeito.
Não esqueça de tirar a medida do tampo da mesa para ficar com encaixe perfeito. Agora se prefere mais simples fiz um tutorial de toalhas redondas no meu outro blog inspirecriedecore.

aAtoalha é de plástico, isso não impede de fazê-la de tecido






Dobrada ao meio (dobra na parte inferior)
Dobrado ao meio novamente (dobra no lado direito)
Usando o seu diâmetro (+ medição costura), dividir por 2. Esse é o raio (lembre-se a geometria do ensino médio? Está de volta!) Leve o seu fio, e fazer um loop pouco nele, medir o comprimento igual ao do raio e colocar o seu ponto de lápis no circuito. Segurando a outra extremidade com segurança no canto de suas dobras, trace um quarto de círculo no oleado. Verifique que você acertar o seu comprimento, raio de ambos os lados do tecido. Talvez verificá-lo novamente :)
Trace o arco de seu círculo usando a corda e lápis
Corte ao longo da linha através de todas as espessuras de tecido, tomando cuidado para manter as pregas juntas e bordas alinhadas. É um pouco grossa para o pino, mas se você puder, vai torná-lo mais fácil.
Lá está ele, um círculo perfeito!

Em seguida, você precisa calcular o comprimento da faixa para ir em torno de seu círculo.Comprimento em torno de um círculo (circunferência) é igual ao círculo de diâmetro x pi (3,14). Utilize o diâmetro real, não incluindo o subsídio de costura. Se você é cético em relação ao valor que você começa com o cálculo (eu era!) Usar a fita métrica para provar para si mesmo. Em seguida determinar o quanto a acrescentar em costura. As possibilidades são, você não será capaz de obter o comprimento total da sua faixa de um comprimento de tecido. Para esta tabela, usei duas tiras mais curtos para tornar o comprimento total. Portanto, vai demorar 2 costuras para fazer o círculo.Para cada costura que você precisa, adicione 1/2 "costura para a medida da circunferência.  Vieiras, ao lado. Minas foram 4 "de largura. Incrivelmente, esta medida criou igualmente espaçados vieiras em torno de minha mesa, mas se o seu não, dividir a circunferência (não incluem costura) pela largura desejada de vieiras. Uniformemente espaçados é grande, mas mantendo um número inteiro facilita a vida na estrada.  Com duração de tomar cuidado, você precisa próxima a largura (queda) da banda.Você mediu o comprimento mínimo para a queda da toalha, mas você estará fazendo bonito vieiras.Fiz vieiras que são 2  (4 cm de largura), para adicionar 2 "para a medida da largura. Em seguida, adicione 1/4" para costura. Meus tiras foram 4 "de largura (1,75" drop pano mínimo + 2 "para vieiras + 1/4" costura). Corte suas tiras com um cortador rotativo e auto-cura tapete.No lado errado, fazer uma linha 2 "da extremidade ao longo do comprimento da tira.









Minha régua flexível (mostrado acima) tem pequenos buracos a cada 1/2 ", então segurando uma ponta do lápis em um (pivot point) e uma ponta de lápis em outro 2" de distância e traçar o arco cria perfeitas semi-círculos da largura desejada. Yay! Você também pode usar o método string (acima) ou um prato com um diâmetro de 4 ". Iniciar em 1/4" (para costura) a partir da borda, em seguida medir 2 "e marca com um ponto. Faça o seu arco. Continue em ... e em ...


Observe a 1/4 "costura à esquerda, antes do início do vieira


Depois de conseguir alguns vieiras esboçadas, cortar o tecido e colocar o tecido de corte sobre o resto da banda para fazer um modelo. Trace o contorno, depois corte.  



Em seguida, conecte as tiras para fazer um círculo. Com o lado direito em conjunto, fixar nas extremidades curtas. Deve ter deixado 1/4 "nas extremidades de modo a permanecer vieiras o tamanho adequado (ver abaixo).

Uma vez que as tiras estão ligados, terminar a borda do vieira com um suporte de dupla em ziguezague, em cada reentrância para evitar rasgar do tecido durante a utilização. Verifique se ele se encaixa em torno de sua mesa.

Faça as 12 - 3 - 6 - 9 horas posições do seu círculo perfeito (dobra em bairros e no clip vezes). Em seguida, cortar nos quartos de sua faixa de circular.
Com o lado direito de frente, fixar a faixa circular para a peça círculo, que corresponde a cada ponto cortado. Está será necessário fazer clipes rasas (menos de 1/4 de comprimento) ao longo de toda a borda da tira circular para obtê-lo para se ajustar a curva da parte superior. Pin copiosamente!


Costure 1/4 "a partir da borda. Certifique-se de sua linha de costura é mais interior do que os grampos ao longo da borda ou você vai vê-los quando você ligá-lo. Vire à direita para fora e enquadrá-la em sua mesa.
Pap com crédito do site nicoleathome.com

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012


Hoje mais um verão em minha vida...



Caminhos Percorridos
imagem e texto Duh Franzen
   Por EsTradas SinuoSas Eu CamiNhei
   Mas NÃO DesViei, Nem AlMeJei SeuS ATalhos
PorQue o Que SemPre BusQuei E DeSejei
Foi TriLhar, Pelos CamiNhoS do AMOR

domingo, 5 de fevereiro de 2012

Desculpem pessoal, sei que não é o tema principal deste Blog, porém é o meio que tenho para compartilhar a situação desesperadora que se encontram esses animais que defendo a causa...se puderem leiam se quiserem contribuam de alguma forma. Obrigada . Marina










SOS Animais de Pinheirinho!!
Amigos, a situação é desesperadora para os animais em Pinheirinho.
Todos os dias recebemos notícias que os animais vagam machucados, famintos entre os escombros. A ONG CÃO SEM DONO arregaçou as mangas e foi ajudar, e conseguiu ração para os cães, mas as doações para os gatos foram poucas.
Queríamos pegar nossas caixinhas de transporte e ir resgatar os gatinhos que foram encontrados, mas colocar onde? Temos 440 gatos para cuidar, quem visita nosso abrigo sabe que não temos espaço, nossas casas com 20, 30 gatinhos esperando adoção, todos os cantinhos ocupados. Não recebemos um centavo de ajuda do governo, ou de empresas, pagamos por tudo que nossos gatinhos tem graças as doacões de vcs, mas ainda não deu para termos uma sede bacana, com espaço para resgates grandes assim. E por isso, não podemos fazer mais nada nesse caso de Pinheirinho a não ser apertar mais um pouquinho e receber uma mamãe, alguns filhotes, um ou outro machucado, e esperar que outras pessoas façam o mesmo. E pedir que vc que colabora com a gente, que colabore com esse bravo grupo que está lá, junto com protetoras da região, enviando ração de gato ou o valor em $ pq comprando em quantidade maior, maior o desconto, para que a Cão sem dono possa distribuir entre o pessoal que está ajudando os gatos de Pinheirinho. Segue o relato do Rafael que está no local e tenta ajudar, as contas da ONG, a matéria do estadão e o endereço deles no facebook para quem quiser acompanhar o que está sendo feito. As doações devem ser feitas diretamente na conta deles ok? Eles estão no local e sabem como dividir as doações.
ONG Cão sem dono
CNPJ 10.157.938/0001-73
BRADESCO 
AG. 086 
C.C 5620-0
ITAÚ
AG. 7847 
C.C. 01301-3
Bom dia Amigos,
Estamos em São José dos Campos no bairro Pinheirinho e a coisa aqui está triste, muito triste mesmo. Chegamos aqui no dia de ontem 31/01 e fomos recebidos à bala. Graças ao Deputado Feliciano Filho que conseguiu uma escolta da policia Ambiental para ajudar o nosso trabalho. Os animais na grande maioria estão bem fisicamente, mas psicologicamente muito abalados, com muita fome e medo. Todas as casas foram demolidas, as pessoas expulsas e os animais violentamente punidos por esses desgraçados seres humanos. Cavalos, burros, porcos, cabritos e galinhas viraram comida ou foram roubados do local para serem escravos dos carroceiros. Os cães e os gatos no dia da desocupação devido ao grande corre corre, bombas de efeito moral jogadas pela policia os animais muito assustados fugiram para os bairros vizinhos e hoje estão perambulando pela cidade. Cena muito triste essa. Mas o que está me chocando mesmo e tirando o sono são os animais que continuam no terreno. São centenas deles, cada um em volta dos escombros de sua antiga casa a espera do retorno de seu dono que nunca mais vai voltar. Eles guardam o local com muita esperança que seus donos retornem, embaixo de um sol muito forte sem água ou qualquer tipo de alimentação. Alguns cães já não querem nem comer por depressão, saudades e falta de seus donos. Cadelas prenhas ou paridas com seu filhotinhos e os gatos comendo a ração dos cães de tanta fome (SOS precisamos de ração para gatos, pois só temos de cães). Animais famintos, magros e muito carentes são o que se vê por aqui. 
Infelizmente não temos como resolver esse problema sozinho, mas podemos fazer a diferença e salvar muitos desses animais.
Como comentei, ontem esteve presente aqui o Deputado Feliciano que adotou 2 cães do Pinheirinho, nossos voluntários presentes no local adotaram mais três cães. O Cão Sem Dono vai ficar com 5 gatinhos, uma colaboradora nossa de São Paulo (Ivana) pediu que leve para ela 5 gatinhos que irá adotar. Uma ong de Bragança Paulista que eu não me recordo o nome agora, retirou mais 20 animais do local (eles escolheram os mais debilitados). Parabéns. Uma super colaboradora do Cão Sem Dono, Sra. Eloisa também ficou com 10 animais que nesse exato momento estão sendo resgatados do local para serem entregues em sua fazenda. 
Ainda tem centenas de animais no local. Se cada ONG puder ficar com pelo menos um bichinho já vai fazer muita diferença. O Cão Sem Dono se compromete a levar os animais até as Ongs ou até a pessoa interessada em ficar com um desses bichinhos, não importa onde seja o local ou distância. 
As doações para esses animais são fundamentais para a sobrevivência deles, mas nada será válido se a gente não conseguir tirar esses animais daqui. Os donos do terreno que eu nem sei quem são não estão nem ai para os bichos, o poder público também não, os donos desses animais não possuem nenhuma condição de ficar com eles. Se nós não fizermos nada os animais estarão com os dias contados. 
Precisamos de adotantes, lares temporários e ONGs que possam acolher pelo menos um bichinho.
Além dos adotantes estamos precisando de:
RAÇÃO PARA GATOS, pois são muitos os gatinhos por aqui e não temos nem um quilinho de ração para os gatos. Ontem eles comeram a ração dos cães e latinhas de carne da pedigree que era o que tínhamos para oferecer. 
DOAÇÕES EM DINHEIRO: para combustível, pedágio, transporte dos animais até seus novos lares, material de auxilio (coleiras, guias, cordas, caixas de transporte, alguns medicamentos que faltaram ETC...), alimentação e abrigo de nossa equipe e Voluntários. Ajude também a divulgar este caso. Outras pessoas podem ajudar ao saber o que está acontecendo com esses animais. Divulguem muito. 
Fotos em anexo, abaixo link da matéria que saiu hoje no jornal Estadão.
http://www.estadao.com.br/noticias/cidades,ong-recolhe-100-animais-deixados-para-tras-apos-desocupacao-no-pinheirinho,829692,0.htm
Despeço-me aqui muito cansado, triste e impotente com tamanha desgraça, esses animais não merecem o que estão fazendo com eles.
Desculpem-me o desabafo. 
Rafael R Miranda
Equipe Cão Sem Dono
Tel. (11) 3978-3434
rafael@caosemdono.com.br
www.caosemdono.com.br

Alguns Genéricos

Técnica para engomar com Gelatina Incolor

-1 pacote de gelatina incolor sem sabor
- ½ litro de água
- Prendedor de roupas
- Coloque a água ainda fria na panela e dissolva a gelatina aos poucos. Essa mistura vai ser a goma do tecido. 
- Leve ao fogo. Deixe essa mistura bem quente, mas não ferva. 
- Dobre o tecido e mergulhe na panela. Tire do fogo e dê uma espremidinha de leve. 
- Coloque pregadores de roupa nas pontas inferiores do tecido para não deixar o tecido dobrar.
- Deixe secar no varal de um dia para o outro.
-------------------------------------------------------------------------------


Cola caseira tipo "Super Bonder"


INGREDIENTES:

- 20 gr. de canudo de plástico vagabundo, desses usados para tomar refrigerante no barzinho (acetato de celulose) cortados em pedacinhos pequenos ou de folhas de acetato (aquelas pastas de escritório para guardar papel).
- 100 ml de acetona

PREPARO:

Colocar a acetona em um vidrinho, adicionar os pedacinhos de canudo. Fechar o frasco e aguardar um dia. O resultado é uma cola transparente e consistente, que pode ser usada sem perigo de estragar, mofar ou descolar com o tempo.

A cola também pode ser feita com RASPA DE ACRÍLICO.
O processo e o tempo de maturação é o mesmo.


Fonte: das duas receitas: artesanatofofo.blogspot.com
---------------------------------------------------------------------------


Receita Caseira tipo " FrontLine" 

PODE SER APLICADO EM FILHOTES...

2 Copos médios de álcool comum; ( se puder comprar álcool de cereais é melhor)
1 Copo de água filtrada - de preferência um copo de chá de alecrim (bem forte);
3 Pedrinhas de cânfora (vc encontra em qq farmácia; existem dois formatos: um quadradinho tipo pastilha - este vc coloca 3 pedras; e tb vc pode encontrar pedrinhas menores tipo comprimidos - estes vc coloca uns 5).

Coloque a mistura em um difusor, um desses sprays que você deve ter em casa, e aplique diretamente no animal com cuidado com os olhos e boca. Você verá as pulgas saírem do pêlo na mesma hora. Aplique no ambiente todos os dias até notar que não há mais pulgas.
ATENÇÃO: tem um segredo para preparar: você precisa derreter a canfora no álcool e depois de derretida adicionar a água ou o chá de alecrim. É importante porque se você colocar a cânfora na água ela coagula e não derrete e aí vai entupir o caninho do spray.

O ALECRIM AJUDA NO CONTROLE DE CARRAPATOS. APLIQUE NO ANIMAL E NO AMBIENTE. TENHA CUIDADO - NÃO APLIQUE NOS OLHOS DO ANIMAL.


Fonte: cesarveterinario.blogspot  lá encontrará outra receita que não levará água.


.
--------------------------------------------------------------------------------------------

Amarula Genérica
Ingredientes:
- 750ml de Conhaque
- 1 lata de creme de leite
- 1 lata de leite condensado
- 1 colher de sopa de leite em pó
- 2 colheres de sopa de chocolate em pó
MODO DO FAZER:
1. Bater tudo no liquidificador
2. Servir gelado


quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Découpage / Tela
Moderna découpage de flores e efeito craquelado realçam painel

Transformar um painel branco em arte é uma tarefa simples quando empregamos a técnica de découpage. Use a criativadade, escolha um tema, mescle as cores e orgulhe-se do resultado.
facebook twitter
Materiais utilizados:• 1 painel de 20 x 40 cm 
• Guardanapo para découpage, com motivo de copo-de-leite
• Pincéis ;
• Papel adesivo Rolomax craquelê branco medium
• Tesoura
• Tinta acrílica fosca Acrilex preta
• Tinta Acrylic Colors nas cores: verde oliva, verde inglês, branco e amarelo cádmio
• Metal color Acrilex prata 
• Verniz acrílico brilhante 
• Multicolage da Acrilex

Passo a Passo



recorte o guardanapo deixando a figura principal


                                               separe a folha mais fina

                                         
                                            Com o pincel aplique nos locais onde desejar colocar 
                                                           a figura, use os dedos sobre o guardanapo p\ evitar ruga.
                                                            aplique também sobre o guardanapo.
                                                            



Com a tinta acrilica fosca preta pinte as partes 
brancas do painel  e as bordas da figura.


                                           Misture partes iguais da tinta verde oliva, ingles e
                                            branca; pinte as folhas ao redor das flores. Com
                                            batidinhas proximas as folhagens forme flores branca
                                            e com a amarela pinte o miolo.
Dilua a tinta metal color prata  c um pouco de água usando
pincel, realçando a borda da tela.

Finalizando aplique uma demão de verniz, aguarde 1 h
de secagem e recorte o papel adesivo na tela e cole a figura.


quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

Quem tem animal doméstico e já não passou por isso levante a mão!





"O abanar do rabo de um cão, o ronronar de um gato, a felicidade de um animal vale muito para mim! Um valor imensurável, mas que me faz sentir importante quando faço parte dessa felicidade. Qualquer um pode dar felicidade a um animal, basta querer e agir!!!" Cláudia Lubrano
Já faço essa receita ou parecida, já há muito tempo, também conhecida como Torta de Banana, ou Manezinho Araujo (perguntei à minha sogra o porque do nome pois ela que o chama assim) mas não soube me dizer o motivo do nome, a diferença dessa receita é que eu faço um creme sem o leite condensado e na montagem uso o creme por baixo o doce de bananas e por cima o merengue, levo ao forno até gratinar. A propósito uso um recipiente único.

Doce de banana

Rendimento: 8 porções


Ingredientes:
* 10 bananas-nanicas maduras
* 2 xícaras de chá de açúcar

Modo de preparo
Amasse as bananas com um garfo e, em uma panela, junte-as com o açúcar. Cozinhe em fogo médio, mexendo até que comece a soltar do fundo da panela. Depois de frio, guarde em um pote fechado na geladeira.


Brigadeiro branco com calda de banana



Ingredientes:
Brigadeiro
* 1 lata de leite condensado
* 1 caixa de 200 g de creme de leite
* 1 colher de sopa de margarina

Calda
* ½ xícara de chá de água quente
* 1 xícara de chá de açúcar
* 3 bananas-prata em rodelas

Modo de preparo
Brigadeiro – Em uma panela de fundo grosso, coloque todos os ingredientes e cozinhe em fogo baixo até obter um creme. Desligue o fogo e reserve para esfriar.
Calda – Em um panela, em fogo baixo, derreta o açúcar até que ele fique com uma cor caramelizada. Coloque as bananas e acrescente a água quente aos poucos, até formar uma calda.
Montagem – Coloque o brigadeiro nas tacinhas e, sobre ele, a calda de banana


Fonte: www.buquedenoiva.com.br

Estamos na Primavera

Estamos na Primavera