segunda-feira, 5 de setembro de 2011


Casa das Rosas

Estive sábado último com meu esposo e meu filho na av. Paulista, não foi a passeio não, na verdade meu esposo foi fazer uma cirurgia dentária e aproveitamos para fazer uma visita à Casa das Rosas, que fica próximo e era um sonho antigo meu. 
Fiquei um pouco decepcionada pois haviam muitos cômodos fechados, talvez porque a ênfase maior se dá a biblioteca, que não deixa de ter sua importância.

O escritório de Ramos de Azevedo projetou a Mansão das Rosas em 1930. A bela casa, hoje referência na vida do paulistano, foi uma das últimas construções realizadas na era da avenida Paulista dos barões do café. O imóvel foi tombado pelo Condephaat no dia 22 de outubro de 1985. A Casa das Rosas foi reaberta no dia 19 de setembro de 1995, com a proposta de ser um espaço cultural diferenciado, informatizado e dedicado a exposições. Hoje,as atividades do novo espaço estão essencialmente voltadas para leitura e pesquisa.
Em dezembro de 2004, a mansão passou a se chamar Casa das Rosas - Espaço Haroldo de Campos de Poesia e Literatura. O acervo de 35 mil volumes da biblioteca do poeta, tradutor e ensaísta Haroldo de Campos agora é de todos os paulistas. Além dos livros, a família doou à Secretaria da Cultura também o escritório do poeta.
Aqui foto da av. Paulista e região (1902)
Contraste entre a nova e a antiga construção



Vitral no hall da escada entre os pavimentos

banheiro com as peças sanitárias creio que
originais

muito mármore rosa

banheira da época





jardins na lateral direita da casa com rosas é claro!
A biblioteca reúne raridades, como as primeiras edições autografadas de livros de Octavio Paz e João Cabral de Melo Neto. Nas estantes,encontram-se as respeitadas traduções do próprio Haroldo de obras de inglês, francês, espanhol, alemão, italiano, russo, hebraico, chinês e japonês. E também cantos da 'Divina Comédia', em que ele trabalhava pouco antes de morrer.

Um comentário:

  1. Liliane Suiter1/28/2014

    Adoro coisas desse tipo. Na primeira oportunidade pretendo visita-la. Obrigada pela dica!

    ResponderExcluir

Gostaria de sua opinião sobre a postagem.

Estamos na Primavera

Estamos na Primavera