quarta-feira, 24 de novembro de 2010

É Apenas um cão!

Homenagem ao Caio e Pâmela (in memória), dois dos muitos que conviveram comigo no decorrer de minha vida.

É apenas um cão!
A todos que tem pelo seu animal de estimação um grande amor incondicional...



"É apenas um cão"
( procura-se o autor)

Durante o tratamento da Grace e após a sua morte escutei de algumas pessoas .
“Para com isso! É apenas um cão!!!”
Ou então, “Mas é muito dinheiro para se gastar com ela!
É apenas um cão!”
Algumas pessoas não sabem do caminho percorrido, do tempo gasto ou dos custos que significam
“apenas um cão”.
Muitos dos meus melhores momentos me foram trazidos por
“apenas um cão”.
Por muitas horas em minha vida, minha melhor companhia era
“apenas um cão”.
Muitas de minhas tristezas foram amenizadas por
“apenas um cão”.
E naqueles dias ruins em que nada dá certo, o toque gentil de
“apenas um cão”,
faz aflorar em mim a compaixão e o amor pelo próximo.
Por causa de
“apenas um cão”,
olho com mais amor para o futuro,
porque para mim e pessoas como eu não se trata de
“apenas um cão”,
mas da incorporação de todos os sonhos e esperanças do futuro, das lembranças afetuosas do passado, da pura felicidade do momento presente.
“Apenas um cão”
me faz cada dia uma pessoa melhor.
Eu espero que, algum dia as pessoas entendam que não é
"apenas um cão”,
mas aquilo que nos torna mais humano e nos permite não sermos
“apenas um ser humano”...
Então, todas as vezes que escutarmos de algumas pessoas a frase... “É apenas um cão”,
apenas sorriam para estas pessoas porque elas apenas não entendem,
O QUE É TER VERDADEIRAMENTE E INCONDICIONALMENTE UM AMIGO.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostaria de sua opinião sobre a postagem.

Estamos na Primavera

Estamos na Primavera